terça-feira, 19 de outubro de 2021

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO RAQUEL PAULA, ESPOSA DE TEONILO, QUER CONTRATAR MAIS DE R$ 7 MILHÕES COM EMPRESA INVESTIGADA PELA POLÍCIA FEDERAL

 

Secretária Raquel Paula vai usar o montante em 3 meses de contrato com a empresa investigada pela Polícia Federal e será autorizado pelo prefeito Zé Francisco

Foto: (Reprodução)  Secretária Raquel Paula

O Caos

Mais uma notícia que vem repercutindo bastante em todo o estado do Maranhão sobre a administração municipal de Codó. Desta feita, as informações dão conta de que a prefeitura, por meio da secretaria municipal de educação vai celebrar contrato milionário com uma empresa investigada pela Polícia Federal e conhecida por promover contratações irregularidades com o poder público.

Documentação

O Blog da Ramyria Santiago de grande credibilidade na região recebeu documentos, explicando que a secretária de educação de Codó, Raquel Viera Paula Ferreira, contratou a referida empresa por meio de Ata de Registro de Preço, por valores exorbitantes, para fazer execução de serviços de manutenção preventiva e corretiva, reforma ou adequações de prédios e logradouros públicos por exatos: R$ 7.240,913, 03 (SETE MILHÕES, DUZENTOS E QUARENTA MIL, NOVECENTOS E TREZE REAIS E TRÊS CENTAVOS).
O blog cita ainda que a empresa já é investigada pela Polícia Federal por dar golpes em várias prefeituras do Maranhão.

“Perdendo a noção e sem respeitar os trâmites legais, e fazendo ouvido de mercador para o Ministério público, o prefeito de Codó José Francisco e a secretária de educação pretendem gastar esse valor todo em apenas três meses. Isso mesmo. De acordo com o CNPJ da empresa, a mesma fica localizada na Av. Principal, quadra 0001, no município de Raposa, próximo a São Luís”, enfatizou a reportagem.

BOX

ENTENDA QUEM É A EMPRESA INVESTIGADA CONTRATADA PELO PREFEITO DE CODÓ E A SECRETÁRIA RAQUEL PAULA

O blog apurou também informações sobre a empresa: Confira

A referida empresa já responde a vários processos na justiça por dar golpes em várias prefeituras do Maranhão, dentre elas, a prefeitura de Anapurus, onde a prefeita Vanderly Monteles também terá que explicar ao TCE sobre o uso de dinheiro público para pagamentos com serviços fantasmas com a GPA CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS.

E TEM MAIS PREFEITURAS ENROLADAS COM A EMPRESA.

Já na prefeitura de Axixá, a PF está na cola da prefeita e também dos empresários da empresa Glabson de Jesus e Paulo Henrique, que já são investigados e tem um inquérito que mostra uso irregular de precatórios do Fundef junto à prefeitura. No município do Godofredo Viana os referidos empresários também estão sendo investigados. Em Maracaçumé a polícia também está na cola do prefeito e da empresa. Em Chapadinha a GPA também já foi denunciada, assim como em Pinheiro.

A Prefeitura de Codó, fingindo que o MP não tem visto nada, o prefeito de Codó faz de conta que essas licitações duvidosas não estão sendo vistas pelas autoridades.







Nenhum comentário:

Postar um comentário