quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Josimar deve entregar cargos na Sagrima

Após encontro com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que em seguida culminou com o anúncio do rompimento com o governador Flávio Dino, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) agora deve abandonar cargos no Governo do Estado.

Recentemente durante um evento que reuniu diversas lideranças do seu grupo político, o parlamentar afirmou que estava deixando o grupo do governador porque seus aliados não estariam sendo bem tratados pela trupe palaciana.

As declarações de Josimar foram confirmadas pelo vereador Aldir Júnior (PL), sobrinho do deputado, em entrevista ao Programa Ponto Continuando, da Rádio Educadora AM.

De acordo com o vereador, integrantes do grupo político do “Moral da BR” como prefeitos e prefeitas, ao longo dos anos, foram extremamente maltratados pelo governo comuno-socialista.

Aldir avaliou ainda que o grupo de Josimar deve deixar o comando da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), atualmente comandada pelo engenheiro agrônomo José Sérgio Delmiro Vale, pois segundo ele, a pasta não possui nem orçamento.

“É como se eu te prometesse um bolo. Aí te entrego somente a forma e não te dou a massa para você preparar o bolo. O PL, avalio, tem o sentimento de receber a convocação para entregar a Secretaria”, afirmou o vereador.

Em relação à aproximação de Josimar com Bolsonaro, persona non grata de Flávio Dino, Aldir comentou que é uma situação natural, pois o deputado possui boas relações em Brasília e consegue obter recursos federais para municípios do Estado.

marrapa.com











Nenhum comentário:

Postar um comentário