quarta-feira, 14 de abril de 2021

Política: Eleições 2022: PSB declara apoio a Werverton Rocha

Luciano Leitoa
 Afinidades partidárias existentes entre as duas legendas do campo da esquerda brasileira e não revanchismo político. Foi dessa forma que o presidente estadual do PSB, o ex-prefeito de Timon, Luciano Leitoa, justificou a declaração de apoio à pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) ao Governo do Estado. Em entrevista à TV Mirante, no programa “Bom Dia Maranhão”, o presidente estadual do PSB afirmou ainda que falta articulação política ao vice-governador Carlos Brandão, pré-candidato ao Governo em 2022.

Segundo Luciano Leitoa, PSB e PDT são partidos aliados há muito tempo, no mesmo campo da esquerda, afirmando que Carlos Brandão deixou o Republicanos para se filiar ao PSDB, partido comandado pelo governador João Dória, de São Paulo, e que é opositor do ex-presidente Lula. “Outro dia uma pessoa me perguntou: mas se o vice-governador chegar a ser candidato? Eu disse rapaz, para começar eu diria que ele errou no partido. O PSDB é um adversário histórico do PSB, eu acho que o vice erra no partido que ele escolhe porque é o partido que bate no Lula”, explicou Leitoa.

Para o presidente do PSB falta ao vice-governador Carlos Brandão maior capacidade de articulação e por conta desta suposta incapacidade de articulação é que observa um cenário bastante complicado, inclusive nas relações possais. “Então, eu fico assim a me perguntar: como é que o vice-governador, por muitas vezes, falta a ele, na minha avaliação, uma capacidade maior de articulação política. E as relações pessoais também. Eu acho que quem quer ser governador tem que saber se relacionar bastante”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário