terça-feira, 7 de julho de 2020

GRIPEZINHA ( COVID-19) DERRUBOU BOLSONARO

Depois de apresentar febre de 38 graus e dor no corpo, Jair Bolsonaro informou que testou positivo para o coronavírus. O resultado do exame foi divulgado nesta terça-feira (7) 
  Jair Bolsonaro testou positivo para o coronavírus, após o resultado do exame ser divulgado nesta terça-feira (7). Em entrevista a jornalistas, ele voltou a subestimar a doença e afirmou que o isolamento criou pânico na população.
 
"Estou bem, estou normal, em comparação a ontem, estou muito bem. Estou até com vontade de fazer uma caminhada, mas, por recomendação médica, não farei", disse ele, que vai trabalhar por videoconferência. "Serei vigiado pela primeira-dama".

Na entrevista, Bolsonaro também defendeu uso de hidroxicloroquina na fase inicial, o que, segundo ele, tem quase 100% de eficácia.

Ele disse que havia apresentado febre de 38 graus e já estava se medicando com a cloroquina, medicamento ainda sem comprovação científica.

Bolsonaro também havia dito à CNN que fez uma ressonância magnética dos pulmões no Hospital das Forças Armadas, em Brasília (DF). Segundo ele, não foram detectados problemas respiratórios. 

Após tomar a segunda dose do remédio, ele disse que estava se sentindo bem. "A febre baixou e estou me sentindo muito bem. Estou afim de trabalhar, estou me sentindo bem, tenho obra para inaugurar no país", afirmou.

No mês passado, Bolsonaro voltou a subestimar a Covid-19, ao afirmar que "talvez tenha havido um pouco de exagero" na maneira como a pandemia foi tratada. Também chegou a classificá-la como uma "gripezinha", em março, e perguntou "e daí?" ao ser questionado sobre os cinco mil mortos pela doença, em abril.

Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário