quarta-feira, 29 de maio de 2019

LAMENTÁVEL:BLOGUEIRO QUE TENTOU CONTRA A HONRA DO TITULAR DO BLOG ÍMPAR NÃO CONHECE SEQUER AS CLASSES GRAMATICAIS

Lamentamos a ignorância e falta de reconhecimento a quem dedicou grande parte de sua vida aos estudos.O titular do BLOG ÍMPAR atua há quase 20 anos na área de Língua Portuguesa.Sendo aprovados em quase 100 Concursos Públicos para o cargo de Professor de Língua Portuguesa.Recentemente,o titular desse blog foi aprovado pela segunda vez consecutiva no Concurso Público da Prefeitura de Coroatá.Foi aprovado em todos os Concursos realizados em Codó.

Ministra aula de Língua Portuguesa para Concurso Público em várias cidades do Maranhão.Já ministrou aulas em faculdades.Recentemente,foi convidado para ministrar aula de Português Jurídico na Faculdade Estácio de Teresina.Falamos isso não apenas porque somos especialistas em Língua Portuguesa,mas porque desde criança nos dedicamos ao estudo de Língua Portuguesa.

Nosso currículo já diz tudo.Há poucos dias,fomos ofendidos injustamente pelo um blogueiro que não conhece sequer as classes gramaticais.Ele usa sempre a correção ortográfica de seu computador para preparar seus textos,nós não precisamos,porque somos especialistas no assunto.Claro que em algumas ocasiões,devido ao nosso tempo que é curto e problemas nas teclas do nosso computador,às vezes,acontecem pequenas falha de digitação.

Mas somos conhecedores de todas as regras da Gramática Normativa.Temos três formações a nível superior,sendo a última em Direito.Além de duas Especializações concluídas e outra em fase terminativa.Tal blogueiro não conhece as classes gramaticais e nem regência nominal e verbal,pois,ontem,ao fazer duas postagens,cometeu dois erros grosseiros.Ficou evidente a falta de conhecimento e domínio dos temas ou conteúdos de Língua Portuguesa,como regência nominal e verbal.

O blogueiro trocou o mas por mais,na matéria que ela escreveu sobre a futura candidatura de um cidadão conhecido como Carioca.Já na matéria em que ele escreveu sobre a explicação do  Prefeito Antônio Borba,ele errou a regência nominal,pois não fez o devido emprego da crase na palavra Democracia,uma palavra feminina que exige o artigo a.

Portanto,nesse caso,o uso da crase é obrigatório,pois quem está irrestrito,está irrestrito a algo.O certo seria assim: Irrestrito à Democracia e ao Poder do povo.Erro grosseiro de quem não entende absolutamente nada de Língua Portuguesa,faz tudo pela correção do computador.Somos ao contrário,quando temos tempo disponível.Elaboramos,porque somos especialistas no assunto.Confira os dois erros do blogueiro,marcados pelo um marcador amarelo.

Trocou o mas por mais.Mas é uma conjunção coordenativa adversativa,pois traz uma ideia de adversidade,oposição ou contradição.Já o mais pode ser advérbio de intensidade,pronome indefinido.Auxilia na formação de conjunção coordenativa aditiva


Já aqui,o blogueiro errou a regência nominal e ao mesmo tempo cometeu um erro de ortografia,uma vez que não soube fazer o correto uso da crase na preposição antes da palavra Democracia.O correto seria: Irrestrito à Democracia e ao Poder do povo.O que não fez o blogueiro,porque não conhece as regras da Gramática Normativa da Língua Portuguesa.

BLOG ÍMPAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário