sexta-feira, 5 de abril de 2019

Dez anos depois, Rio Poti atinge cota de inundação em Teresina

O Rio Poti atingiu nesta sexta-feira (5) a cota de inundação em Teresina, segundo monitoramento da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). O nível chegou aos 10 metros acima do normal. A última vez que o Poti transbordou foi em 2009, em uma das maiores enchentes vistas na capital do Piauí. 
O bairro Água Mineral, na zona Norte, já sente os efeitos da cheia. Os moradores temem que a água do rio, que está a cerca de seis metros de distância, invada suas casas.
Os dois campos de futebol localizados na rua Amitas Floriano já estão alagados. Segundo a Associação de Moradores, há quatro dias a água do rio invadiu a quadra de futebol em pleno campeonato realizado pelos moradores. As famílias reivindicam a transferência para escolas públicas do bairro. 
“Estamos com medo. Não queremos sair daqui com água debaixo das pernas”, relatou a auxiliar de serviços gerais, Rosimeire da Silva. 
João de Deus Gomes, presidente da Associação de Moradores, relembra que a última vez que ocorreu algo parecido foi em 2009. “Povo esta com medo porque a água está subindo muito rápido”, afirmou.
Os moradores que moram na regiam desde o ano 2000 já contataram a SDU Norte que garantiu o cadastro no programa Cidade Solidária. Alguns  já buscam casas de parentes temendo que o nível do rio aumente durante à noite.
Segundo a CPRM, o Poti deve ultrapassar a cota de inundação no início da noite. Em Prata do Piauí, o nível continua subindo, atingindo 11,40 metros às 15h15h.

Fonte:cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário