segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

CODÓ:DE QUEM É A "BOLA"? É DO EXPEDITO? OU DO PREFEITO FC?



Expedito Carneiro
Francisco Nagib transferiu esse mês apenas R$ 279 mil dos R$ 361 mil que deveria cair nas contas do legislativo. A medida tomada pelo prefeito foi classificada por Expedito Carneiro como ilegal e abuso de poder.O presidente da Câmara de Vereadores de Codó,Expedito Carneiro, enviou uma nota explicando as medidas que estão sendo tomadas para reverter a situação e que nenhum servidor da Câmara fique prejudicado,já que nenhum servidor da Câmara recebeu o salário de janeiro por causa de uma redução de R$ 82 mil no repasse mensal feito pela prefeitura,na Gestão do prefeito Francisco Nagib,filho do empresário FC Oliveira.Confira:

Na íntegra:
A Câmara Municipal de Codó vem informar a toda população Codoense que já adotou todas as medidas judiciais em face do ato ilegal praticado pelo Prefeito Francisco Nagib, que indevidamente deixou de repassar os recursos devidos ao Poder Legislativo, contrariando o que determina a Constituição Federal, e violando a autonomia desta Casa, que pertence ao Povo.
Acreditamos que o Poder Judiciário irá reparar esta flagrante ilegalidade o mais rápido possível, haja vista que isto vem causando graves danos ao funcionamento da Câmara Municipal, especialmente pela impossibilidade de pagamento de salários dos servidores, e dos seus fornecedores e prestadores de serviços.
Ressaltamos que o Poder Legislativo possui sua autonomia resguardada na Constituição, cuja principal função é fiscalizar os atos do Prefeito Municipal, sem existir hierarquia ou submissão.
Por fim, tomaremos as medidas necessárias para que o Prefeito Municipal responda pela prática de Crime de responsabilidade previsto na Constituição Federal, em seu Artigo 29-A.
Reafirmamos nosso compromisso perante a população do Município de Codó, que a Casa do Povo jamais aceitará qualquer abuso de poder cometido pelo Chefe do Poder Executivo Municipal.

EXPEDITO MARCOS CAVALCANTE

Presidente da Câmara Municipal de Codó

Nenhum comentário:

Postar um comentário