sábado, 1 de dezembro de 2018

CODÓ-MA:VEREADORES QUEREM CASSAÇÃO DE MANDATO DO PREFEITO DE CODÓ

Francisco Nagib é acusado pelos edis de improbidade administrativa, entre outros desmandos na atual administração municipal

Foto: ( Divulgação )

Quatro vereadores de Codó, Domingos Reis, Leonel Filho, Maria Paz e Junior Oliveira assinaram uma Representação no início nessa semana, junto ao Ministério Público denunciando o prefeito de Codó, Francisco Nagib (PDT) por improbidade administrativa.

Os edis solicitam do MP que faça com que o gestor apresente a prestação de contas do exercício de 2017 ao Poder Legislativo.

Consta que Nagib teria enviado ao Tribunal de Contas a contabilidade referente ao ano passado sem o crivo do Legislativo.

O grupo reivindica ao Ministério Público Codoense que abra uma Ação Civil Pública de urgência e que as devidas providências sejam tomadas imediatamente.

A NOTA

“(…) Faça com que o Prefeito Municipal de Codó-MA Exmo. Sr. Francisco Nagib Buzar de Oliveira, cumpra a Lei enviando ao Poder Legislativo e colocando à disposição de nossa sociedade de forma transparente a prestação de contas do exercício de 2017 do poder Executivo, na sua integra, contendo todas as notas fiscais e ordens de pagamentos, explicando onde foi investido cada real, cada centavo gasto dos cofres públicos de nossa cidade, dinheiro dos contribuintes, de nossa população, e solicitamos ainda, em face da não apresentação da referida Prestação de Contas no Poder Legislativo Municipal e em sua plenitude pelo que estamos acompanhando nos demais órgãos Legais a imediata abertura de uma AÇÃO CIVIL PÚBLICA POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA C/C OBRIGAÇÃO DE FAZER COM PEDIDO DE LIMINAR”, diz o trecho da denúncia publicado na imprensa.

Nagib: pior prefeito

Visto como um dos gestores mais impopulares do Maranhão o prefeito de Codó Francisco Nagib foi motivo de comentários negativos e hilariantes entre populares do município, após divulgar nas redes sociais se dizendo responsável pela votação do grupo do governador em Codó.

Os internautas, bem como pessoas ligadas ao grupo opositor e também eleitores informaram que após ser eleito com o apoio da sociedade codoense Nagib rompeu com os ideais de trabalho “e agora confunde o público com o privado, dando rumos diferentes na administração municipal”, relatou um ex-aliado do prefeito.

Nagib é chamado de truculento e acusado de promover atitudes de um verdadeiro Ditador.

Recentemente o prefeito teria demitido da função de apresentador da TV Codó [emissora da prefeitura, canal 13] e exonerado do cargo de assessor de imprensa do executivo municipal.

O comunicador explicou que tudo aconteceu por conta de uma critica em seu blog direcionada a aliados do atual gestor Francisco Nabib (PDT).
“Infelizmente minha forma de pensar e de trabalhar não agrada aqueles que não suportam os homens sérios da imprensa de Codó, sou sério e não sou venal e muito menosprezo faço chantagem com quem quer que seja, longe de mim isso. Meus princípios morais nunca permitiram isso e não vão permitir enquanto vida eu tiver, comprem o que quiserem, comprem quem quiserem, mas não comprem a dignidade e a decência daqueles que de fato tem personalidade”, desabafou o ex-ancora da TV Codó.

Ditadura Codó

O jornalista disse ainda que o “Comandante”/Prefeito Francisco Nagib lidera a ditadura codoense contra a imprensa. “Fica o repúdio ao prefeito Nagib pela sua forma perseguidora que, lamentavelmente, nos faz lembrar os tempos turvos da Ditadura, onde a imprensa era tratada de igual modo como hoje pode ser testemunhada em Codó”, frisou.

Mais denúncia

Francisco Nagib também é motivo de ação do Ministério Público por ter pago uma empresa alvo de investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Promotoria de Justiça da Comarca de Barreirinhas, por fraude em processos licitatórios.


Blog Impar,com informações do Blog Repasse Informativo,por Marcos Monteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário