segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Vereador Junior Oliveira é denunciado ao MP por suposta compra de votos em 2016

Baseado em uma matéria publicada no Blog do Marco Silva em novembro de 2017, o ex-gerente regional da Receita Federal de Codó, Arlindo Salazar, deu entrada com um pedido de investigação no Ministério Público de Codó contra o vereador Junior Oliveira. O parlamentar é acusado de supostamente ter comprado votos nas eleições de 2016 quando disputava uma vaga no Legislativo codoense.
Arlindo Salazar pede que a Promotoria de Justiça apure as responsabilidades de Junior Oliveira e defina pela cassação de seu mandato e demais medidas necessárias.
O parlamentar é acusado de ter comprado votos de um grupo de pessoas que não tiveram seus nomes divulgados. Em áudio gravado pelo carnavalesco Rui Rey, uma mulher revelou que Junior Oliveira pagou a quantia de R$ 30 por cada voto. A denunciante diz ainda que esteve na casa do então candidato a vereador e no local teria sido acertado os detalhes do pagamento e prometido uma vaga de emprego caso Junior Oliveira conseguisse ser eleito.

Blog Impar,com informações de Marco Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário