sexta-feira, 20 de julho de 2018

IDEIA DE BANIR LULA POR LIMINAR PERDE FORÇA NO TSE


O Tribunal Superior Eleitoral tende a dar ao ex-presidente Lula o prazo regulamentar para que ele defenda a própria candidatura presidencial, depois de protocolado o registro, no dia 15 de agosto, informa a coluna de Mônica Bergamo no jornal Folha de S.Paulo; a ideia de negar liminarmente o registro, cercada de pressões da imprensa e de partidos concorrentes, começa a ser descartada mesmo por magistrados que chegaram a defendê-la.Pelo o entendimento do TSE,ficou evidente,uma vez que foi negado o pedido de inelegibilidade do ex-presidente feito pelo MBL e negado pelo mesmo Tribunal Superior Eleitoral.Desta forma ficou evidenciada a farsa do tal "movimento."Movimento que se caracteriza como racista e preconceituoso nas redes sociais,patrocinados por políticos de Direita.Então ficaram evidenciadas a idoneidade e suspeita do MBL, para pedir a inelegibilidade do ex-presidente.As características do MBL "cavaram" a falta de êxito no pedido que foi negado pelo TSE.

Fonte Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário