domingo, 3 de junho de 2018

Cantor Orlando Maranhão critica ‘abandono cultural e secretarias que mendigam” no Maranhão

O cantor e compositor codoense Orlando Maranhão esteve na sexta-feira em apresentação na Padaria Boa Sorte acompanhado de um grupo de músicos da cidade fazendo um pé de serra para animar a abertura do período junino naquele empreendimento tradicional da cidade.
Orlando Maranhão na Boa Sorte, sexta-feira
Ontem, sábado, Orlando fez uma apresentação com sua banda completa no RÚSTICO BAR. O show foi um sucesso de público e a crítica também o aprovou pelo talento que tem para a música regional.
Sobre toda esta experiência, o cantor e compositor escreveu:
“É a soma de todo conhecimento adquirido ao longo de nossa existência, simplificando, é o resultado de nosso aprendizado. Investigando a origem destes saberes verificamos que são as mais variadas e existem em todos os momentos de nossa vida”
O compositor também criticou o abandono cultural que vive o Maranhão.
“Focando a cultura como instrumento de construção social, deparamos com o estado de pobreza vivido por esta, vive em estado de abandono. Um estado como o Maranhão não dispõe sequer de dez teatros com  centenas de cidades, escolas públicas de músicas que possa abrigar crianças e jovens menos ainda.
NAS SECRETARIAS MUNICIPAIS
O artista demonstrou sua opinião a respeito do que ele verifica nas secretarias municipais que ‘mendigam migalhas para sobreviverem”.
“Aprofundando nossos estudos verificamos a calamidade existente nos departamentos ou secretarias de culturas que vivem mendigando migalhas para suas existências, prova da falta de importância dada pelos gestores. A sociedade que não valoriza sua cultura está fadada a marginalidade, a falta de valorização já é um ato marginal”, escreveu-nos via whatsApp.
FONTE:: BLOG  DO ACELIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário