sexta-feira, 1 de junho de 2018

PERITORÓ – Vereador defende professora que está com salário suspenso mesmo após ordem da Justiça

O que ocorreu é que no ano de 2012, a servidora pública do município de Peritoro-MA, a professora efetiva, Janice Pacífico do Vale Campos, impetrou uma ação na justiça, reiterando perante a Prefeitura Municipal de Peritoro, mas precisamente à Secretaria Municipal de Educação, requerendo LICENÇA do seu trabalho para acompanhar sua filha no tratamento de saúde por está necessitado, haja visto que a mesma é portadora  de moléstia  grave, qual seja, paralisia tetraplégica espastica, cujo tratamento, além de que financeiramente gravoso, é de caráter intensivo.
Que em fevereiro do ano em curso  (2018), o prefeito Pe. Jozias, de forma maldosa e desumana, suspendeu a remuneração da servidora, causando-lhe prejuízos significativos, mormente porque o dinheiro carecia para custear o suscitado tratamento de saúde de sua filha.
Diante do abuso de poder e descumprimento da Lei por parte do prefeito Pe. Jozias, a professora impetrou um mandado de segurança na justiça n.0800837-04.8.10.0035, contra o município, sendo que no dia 30 de maio/2018, a justiça julgou a ação, determinado que a prefeitura regularizasse o pagamento da servidora Janice Pacífico do Vale Campos imediatamente, incluindo-a na folha de pagamento de servidores, assim, sentenciou a Dra. Anelise  Nogueira Regindo, Juíza de Direito da Comarca de Coroatá-Ma.
Fonte: BLOG DO ACÉLIO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário